PMMG afasta militares suspeitos de agressão a outro Policial em curso da Rotam

Em um vídeo que viralizou nas redes sociais no último domingo (23) é possível identificar militares se agredindo com um tapa no rosto de outro policial.

Por Samara Tibúrcio 

Após um vídeo circular pelas redes sociais e ganhar grandes proporções, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) afastou policiais militares que aplicaram um tapa no rosto de um policial em treino em Minas Gerais durante curso Rotam (Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas).

É possível identificar nas imagens um grupo de policiais em uma quadra esportiva e uma parte deles enfileirados, até que em um momento do vídeo ocorre a agressão. O tapa desferido pelo agente identificado apenas pelo número 39 é tão forte que o policial cai ao chão e é ajudado por outros PMs que participavam do curso.

Em nota, a PM afirmou que recebeu as imagens nesse domingo (23) e já instaurou o inquérito policial para apurar os fatos. 

“A Polícia Militar de Minas Gerais esclarece que recebeu na data de hoje, 23/01, o vídeo citado na demanda, tendo o comando da Unidade instaurado, de imediato, Inquérito Policial Militar para apurar os fatos.

Ainda segundo a corporação, os militares identificados no vídeo foram afastados da atividade de docência, ou seja, estão impossibilitados de dar aulas até que a investigação termine.

A PMMG esclarece, ainda, que os militares inicialmente identificados no vídeo foram afastados da atividade de docência até que se encerre a citada apuração.”

A PMMG não confirma as identidades dos agentes envolvidos nem o local e data que tenha ocorrido o fato. Quando questionada se esse tipo de situação é rotineira durante os treinamentos, a instituição não respondeu ao questionamento.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

dezessete + sete =