Policial Militar que fugiu de batalhão Contagem (MG) é preso em São Paulo

O policial condenado a 14 anos de prisão por diversos crimes foi recapturado após operação no estado de São Paulo. 

Por Samara Tibúrcio

Mais uma fuga envolvendo um policial foi registrada essa semana, dessa vez um subtenente da Polícia Militar de Minas Gerais, de 49 anos, que escapou do 39° Batalhão em Contagem. O policial serrou a grade da cela onde estava detido e depois pulou o muro do batalhão.

O subtenente havia sido condenado a 14 anos e três meses de prisão pela Justiça Militar do Estado de Minas Gerais pelos crimes de participação em organização criminosa armada, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e exploração de jogos de azar. O PM também responde processo por homicídio qualificado contra um comparsa no comércio de máquinas de caça-níquel.

Segundo o boletim de ocorrência, os policiais que estavam de plantão deram por falta do preso na hora do banho de sol, por volta das 15h. Os agentes perceberam que a grade de proteção da cela estava cerrada e sobre a cama havia só um travesseiro sob um cobertor.

Sete policiais que estavam de plantão receberam voz de prisão, os agentes afirmam que câmeras de segurança e o alarme sonoro do batalhão estavam com defeitos.

O ex-policial foi recapturado na manhã da última quarta-feira (15/12), em Holambra, São Paulo. A operação contou com a participação de quatro promotores de Justiça de Minas Gerais, um promotor de Justiça de São Paulo, sete policiais militares de Minas Gerais e 12 de São Paulo.  A unidade regional do Gaeco Divinópolis e a unidade de Campinas do Gaeco do Ministério Público de São Paulo também deram apoio à operação.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

2 × três =